As hipóteses, as situações e as verdades são como as bolhas de sabão: às vezes românticas, quase sempre instáveis e, incondicionalmente temporárias. Escancarar e descomplicar a tensão de longas justificativas. Por que, depois de um certo tempo, você tem o direito de dizer uma frase e deixar que, se necessário, o bom senso alheio faça o restante.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Desconfiada

Marca a ferro

Aprende o tempo


Desconfiada

Das letras eternas

Da pronúncia das promessas


Desconfiada

Atenta para o hoje

Promessa rasa do instante


Confiada-mente:

Só por hoje

é hoje.


A plena ciência do instante

dura o tempo exatamente preciso

Perpetua bela a lembrança

Permanece pura a intenção



3 comentários:

Thalita Yanahe disse...

Parece que vc lê meus pensamentos e os transfoma em algo límpido e precioso.

Thiago Panda disse...

Oi!
Sou novo nesse " univer-verso" blogueiro e passeando encontrei seu recanto poético!rs
Parabéns pela forma com que da vida aos sentimentos...
Vou seguir!
Inté!

ErikaH Azzevedo disse...

Lispectorianamente falo...o instante é o que de verdadeiro sempre existe...

Adorei esse! Muito.